quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Mais um ex-ministro da era PT é preso.



Vamos fazer uma conta rápida.
2 ministros, 1 fazenda 1 casa civil
3 marketeiros
2 tesoureiros
1 melhor amigo
Alguns dirigentes da cúpula do partido.
1 presidente Impichada
1 ex-presidente réu
Alguns senadores 
Alguns deputados
Alguns ministros
Alguns aliados
Alguns filhos
Algumas empreiteiras
E se formos continuar aqui citando o tanto de pessoas que rodeiam o PT e o ex presidente Lula e que estão até o pescoço atolado na lama da corrupção ficaremos por algumas dezenas de páginas escrevendo.
Guido Mantega, ex-primeiro homem de confiança do Lula e Dilma, o grande ministro da fazenda foi preso pela polícia federal e levado até Curitiba para depor. Segundo a Mônica moura, esposa do marqueteiro preso do PT João Santana, ela declarou que o ex-ministro levava malas de dinheiro para que a corrupção acontecesse.
Poderia ficar aqui falando mais sobre o Mantega ou sobre a denúncia da Mônica Moura, mas todos os tabloides estão noticiando essa reportagem, porém o que me chamou a atenção é o fato de ter ouvido duas jornalistas em rádios diferentes criticando a operação da polícia federal, segundo elas essa ação não era necessário, pelo fato do Mantega está no hospital Albert Einstein acompanhando sua esposa que fazia um procedimento cirúrgico, e que havia deixado seu filho “de menos” em casa.
Fico me perguntando onde essas duas jornalistas e a outros tantos que devem ainda criticar essa ação, onde estavam quando o senhor Guido Mantega estava no poder aumentando os juros ao máximo no Brasil, quando estava carregando suas maletas de dinheiro sujo e corrompendo e afundando a Petrobrás?
Onde estavam essas senhoras quando a população sofria para fazer compras em um supermercado, quando seus nomes foram negativados por que não aguentaram mais pagar suas dívidas.
E agora essas senhoras vem questionar um órgão como  a polícia federal que com certeza conhece de leis, com certeza tinha o aval de um mandato expedido por um juiz, então essa ação tinha o respaldo da lei, e sabendo que com certeza essa prisão se tratando de uma pessoa tão em evidência como um ex-ministro iria causar um tumulto na sociedade.
A instituição da polícia federal assim como a lava-jato não fariam uma ação desta atoa, sem que tivessem base para tal ação.
O que essas mulheres queriam? Que o ex-ministro sujo e corrupto segundo a polícia federal e a depoente Mônica Moura, aguardasse sua digníssima esposa sair do hospital, Hospital este entre os mais caros do país e que está sendo pago com o meu e o seu dinheiro, ou que fosse ainda cuidar de seu filhinho de menor que com certeza não estaria sozinho, alguns empregados e seguranças devem está fazendo companhia para ele em sua mansão.
Então um recado para essa senhoras ”Lugar de corrupto e ladrão é na cadeia, independente se for ministro ou ex ministro, se for ladrão de banco ou de galinha” a lei é para todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário