terça-feira, 19 de julho de 2016

Vergonha Olímpica


Vergonha Olímpica



 
Segundo uma pesquisa do Data Folha, 50% da população brasileira é contra os jogos olímpicos do Rio de Janeiro.
Bom, devo dizer que 100% das pessoas que conheço também são contra, e olha que conheço bastante pessoas,  e nenhuma destas pessoas fez parte deste grupo de pesquisa do Data Folha.
Mais o que será que ocasionou essa repúdia pelos jogos olímpicos no Brasil? Será que é por que mal acabamos de ter uma copa do mundo onde os cofres públicos escorregam como se fosse esgoto e caiu nos bolsos dos ratos? Onde dezenas de obras inacabadas e inutilizadas após o evento veio apenas a confirmar a incompetência das autoridades brasileiras e o descaso com a população e com seu dinheiro suado?
Ou talvez seja pelo fato de nossos hospitais e centros de saúdes sucateados e falidos não darem sinal de vida, nossa segurança é colocada em prova, com atentados, violências a turistas e até atletas no estado onde serão realizados os jogos olímpicos, a bela lagoa onde serão realizadas as provas aquáticas não passa de depósito de lixo a céu aberto, e uma epidemia de insetos coloca em risco a vida de todos os visitantes, ou seria simplesmente por que o feijão chegou à bagatela de quinze reais?
Bom o certo é que o Brasil nunca esteve preparado para os dois maiores eventos esportivos do planeta, pois estamos passando por uma crise institucional e política.
O povo não confia nos políticos, não são mais iludidos com festas, não querem jogos, isso não vai encher a barriga da população, não vai estabilizar a situação do país, não vai trazer de volta o emprego do pai de família, e muito menos o respeito que o povo brasileiro necessita.
A imagem do Brasil ao contrário do que os dirigentes milionários e corruptos destes eventos esperavam, não enalteceu a nação, mais sujou ainda mais uma população e um país que já vinha lutando para sair domar de lama em que está atolado até o pescoço.
Um povo que já não aguenta mais tanto desprezo e corrupção por parte de quem deveria dar o exemplo.
Traficantes invadem hospitais no país sede para resgatar companheiros, policiais são mortos às dezenas, estruturas desabam, obras são superfaturadas e o que parecia impossível pode ser um pesadelo real no solo da pátria amada, pois o Estado Islâmico ameaça a segurança dos jogos e a vida das pessoas que só querem participar desta que deveria ser uma festa inesquecível, onde as pessoas esquecem a rivalidade, as diferenças étnicas, sociais, políticas e raciais, o que nem de longe lembra o caminho por onde essa olimpíada está se conduzindo.
Não queremos ser a chacota do mundo, onde os olhos de todos estarão voltados para nós, temos orgulho próprio e lutaremos para tirar o lixo de baixo do tapete e exterminar de uma vez por todas a canalhice política e o câncer da corrupção que nos dirige.