REFORMA DO ENSINO MÉDIO

REFORMA DO ENSINO MÉDIO
Antes tarde do que nunca



A muito o Brasil vem se rastejando e agonizando quando o assunto é a educação básica do país.

Brasil ocupa 60ª posição em ranking de educação em lista com 76 países
Em primeiro lugar está Cingapura, seguido de Hon Kong e Coreia do Sul.
Na última posição do rankig está Gana.

Essa é uma triste reportagem apresentada pelo G1, e mostra o que o Brasil se tornou quando o assunto é sua formação, isso explica os péssimos profissionais que temos no ,mercado, a falta de qualificação e de técnica nas áreas da saúde, engenharia, e educação são exemplos de que estamos andando para trás.
Numa era digital e de globalização onde a interatividade cibernética e computadorizada é quem manda, o Brasil ainda ensina seus alunos em escolas com paredes de barros, com salas alagadas, sem merendas, com lousas de cimento ou madeiras e o famoso giz,  e repletas de alunos desinteressados, pois devem deixar seus Smartphones e Tablet de lado e voltar a idade da pedra, se fechando em uma caverna de quatro paredes e um professor que ganha mal e não tem motivação alguma para dar aulas.

O Brasil apresenta uma posição vergonhosa quando o assunto é educação, e não somos exemplo para nenhum país do mundo, temos quase a mesma base de países arrasados pelas guerras e a pobreza.

Muitos jornalistas, assim como deputados e senadores estão criticando a MP “Medida Provisória” que apesar de já está em vigor, ainda depende da aprovação do senado federal em 120 dias.

A reforma sim é necessária e urgente, apesar de ainda precisar melhorar muito, já é um primeiro passo muito importante para a nova geração que comandará o país, esses jovens estarão mais preparados e mais qualificados profissionalmente e psicologicamente, pois entre algumas melhorias está o aumento das horas anuais que passa de 800 horas para 1400, isso tornará o aluno mais rico em conteúdo além de fazê-lo permanecer mais tempo nas escolas, evitando assim a possibilidade de estarem expostos nas ruas e automaticamente a drogas, álcool e vadiagem.
O fato das disciplinas obrigatórias serem: Português, Matemática e Inglês, e as demais matérias serem direcionadas ao estudo de interesse dos alunos, é um grande avanço, pois da a possiblidade de escolha aos alunos para um área de interesse que o motivará a permanecer nas salas de aula, afinal não tem muito sentido um aluno que se interessa por contabilidade ter que passar todo um ano estudando história, isso é perda de tempo e de interesse, e com os interesses focados, tornarão os alunos mais profissionais e qualificados, além de técnicos.
A possibilidade ainda de os alunos terem formação técnica especializadas nas áreas de seu interesse é um grande ganho para o mercado e trabalho e para o futuro do próprio aluno, pois as escolas deixarão de cuspir nas ruas alunos incapacitados mentalmente e profissionalmente, e estarão abrindo as portas para profissionais preparados para o mercado.

Segue uma tabela abaixo, informativa para melhor explicar o antes e o depois:




































Fonte: G1.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÉRGIO MORO, HERÓI OU VILÃO?